Detectamos que o seu navegador está desatualizado. Para uma melhor visualização do conteúdo, recomendamos que baixe uma versão mais recente.

Menu

Notícia

Categoria: Segov

Secretário de Governo participa do 108º Encontro da Frente Mineira de Prefeitos

Encontro reuniu chefes do executivo de diversas regiões do Estado. Nova diretoria tomou posse durante evento.

Imagem ilustrativa - Odair Cunha também falou da importância de manter o diálogo constante com os municípios.
Odair Cunha também falou da importância de manter o diálogo constante com os municípios. (Foto: Paula Carvalho/ Ascom Segov)

Compartilhar notícia

  • ícone de compartilhamento

O secretário de Estado de Governo, Odair Cunha, representou nesta quinta-feira (08/06) o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, no 108º Encontro da Frente Mineira de Prefeitos (FMP), em Nova Lima. Participaram do evento cerca de 30 prefeitos, de diversas regiões do Estado, além de vereadores e autoridades. 

O encontro teve o objetivo de proporcionar aos prefeitos a troca de experiência e discussão de pautas e temas pertinentes à gestão municipal, como: indicadores fiscais e estratégicos, transparência, ouvidoria e responsabilidade pública em tempos de crise.  

Na oportunidade, Odair Cunha reafirmou o compromisso do governador Fernando Pimentel em trabalhar de maneira articulada com os municípios para resolver problemas estruturais. “A Frente Mineira tem uma representação grande, porque está presente em todas as regiões do estado e, acima de tudo, porque representa o primeiro servidor público de Minas Gerais, que são os prefeitos e as prefeitas, que estão no cotidiano da vida de Minas Gerais. Vamos trabalhar de maneira articulada para resolver os problemas estruturais”.

Ainda durante o evento, foi realizada a posse da nova diretoria da Frente, composta pelo prefeito de Contagem, Alex de Freitas, que passa a ocupar o cargo de presidente, e pelo prefeito de Uberaba, Paulo Piau, como vice-presidente. Alex de Freitas substitui o ex-prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, sendo que o mandato é de dois anos, com possibilidade de uma reeleição. A FMP é composta por 85 municípios mineiros de cidades polo – aqueles com mais de 35 mil habitantes.

O secretário Odair Cunha também falou da importância de manter o diálogo constante com os municípios, além de trabalhar em conjunto com a nova diretoria da Frente em busca de soluções para as cidades mineiras e no enfrentamento da crise, olhando sempre pelos interesses da população. “São muitos os desafios que nós temos a enfrentar. Eu trago hoje a palavra de solidariedade, de apoio, de cumprimentos à nova diretoria da Frente Mineira e a palavra de trabalho cooperado e articulado. Que possamos todos nós somarmos forças: Estado e municípios, buscando fazer com que nós enfrentemos essa crise política, institucional, econômica e três anos seguidos de recessão, com muito trabalho, com muita dedicação, dinâmica e superação, de maneira integrada entorno das agendas que unem os mineiros e as mineiras, independentemente de questões políticas partidárias. Acima de tudo, é preciso ter equilíbrio e serenidade para enfrentar o momento que vivemos”, completou.

De acordo com o prefeito anfitrião e presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), Vitor Penido, o encontro foi uma oportunidade para que os gestores municipais se unam por mais recursos e, consequentemente, tenham uma maior atuação nas decisões que afetam às cidades. “É com grande alegria que recebo em minha amada cidade este encontro com o objetivo de discutir ações importantes que podemos traçar em conjunto para defender as cidades mineiras e trazer mais qualidade de vida para os moradores dos nossos municípios. Este encontro traz a oportunidade ímpar de promover discussões para alavancar nossa economia, trazer mais educação para nossas crianças e promover melhorias na saúde. Tudo isso com a união dos municípios de Minas Gerais e com o apoio do Governo do Estado”, afirmou.

Na ocasião, o ex-prefeito de Divinópolis e até então presidente da FMP, Vladimir Azevedo, destacou que a Frente tem um perfil diferente e complementar com a Associação Mineira de Municípios (AMM). O ex-prefeito reiterou que a FMP tem foco nos municípios com mais de 35 mil habitantes, o que representa 85 cidades de Minas e que corresponde a 70% do PIB e da população do estado.

Lei Kandir

Aproveitando a oportunidade, o secretário também falou com os prefeitos da necessidade do acerto de contas do Estado com a União, em função da renúncia fiscal promovida pela Lei Kandir. Segundo ele, esta seria uma saída equilibrada para solucionar a crise nas contas do Estado e dos municípios.

“A Lei Kandir significa uma janela de oportunidade, porque o Congresso Nacional tem por decisão do Supremo o dever e a obrigação de legislar essa matéria ainda este ano. Nós sabemos que Minas e os municípios perderam ao longo desses anos cerca de R$ 135 bilhões, assim como sabemos que o país passa por dificuldades e que os recursos não serão colocados de uma hora para outra. Mas também sabemos que é possível sim fazermos o encontro de contas”, finalizou.

Fonte: Ascom Segov

Últimas Notícias